TRABALHADORAS SEXUAIS DE BH SE AUTO-ORGANIZAM NA PANDEMIA

MAIS: #EugeniaNÃO, Movimentos de mulheres lutam contra risco de controle reprodutivo do Estado sobre grupos vulneráveis

 

#JUNTESNAREDE

Ferramentas, estratégias e práticas de cuidados para o uso de tecnologia. Saiba mais sobre senhas, criptografia e ferramentas seguras na nossa página inteiramente dedicada aos Cuidados Integrais.

10 ANOS DE ATIVISMOS: As pautas e lutas que atravessamos e nos atravessaram nesse tempo de Escola

UMA ESCOLA, MUITOS ATIVISMOS - UMA CARTA NOSSA PARA VOCÊ

Após uma década de existência, compartilhamos algumas reflexões sobre o que passamos e o que desejamos para os próximos anos.

ATIVISMO, A PALAVRA. COMO SEU SIGNIFICADO SEGUE EM DISPUTA

Das lutas clássicas que geraram o termo, passando pela chegada ao Brasil, até os ataques atuais que vêm inclusive da presidência da República.

ATIVISMOS NAS REDES E NAS RUAS. RECEBA A NOSSA NEWSLETTER

Material de aprendizagem, reflexões, iniciativas, resistências. Um conteúdo exclusivo e analítico sobre o cenário, os desafios e as ferramentas para seguir na luta.

Boletim da Escola de Ativismo

UMA PROFESSORA NEGRA

Entre invenções e produção de subjetividade na escola

PODCAST: NOVOS CAMINHOS DA LUTA PELO CLIMA SÃO ABERTOS PELA JUVENTUDE

Caravanas ativistas - Mobilização para educação de jovens e adultos

As caravanas são métodos de ensino e mobilização históricas. As iniciativas vão desde a Espanha no começo do Século XX até as ações na cidade de Suzano, em São Paulo, passando pela experiência de Paulo Freire, na Década de 1960, em Angicos, Rio Grande do Norte. Saiba mais

FORÇA TURURU – O  midiativismo que mudou a cara de uma comunidade pernambucana

A LUTA QUILOMBOLA PELA PRESERVAÇÃO DE SEU RIO

Quilombolas do Vão Grande, território no Mato Grosso, resistem contra a construção de uma barragem no Rio Jauquara, central na cultura e no modo de vida dessa povo. O rio é um dos ameaçados pelo projeto de construção de 135 barragens no estado, que podem causar um dano permanente ao Pantanal.  Veja o curta-metragem produzido pela Escola de Ativismo em parceria com o Comitê Popular do Rio Jauquara e o Comitê Popular do Rio Paraguai/Pantanal.

3/4 DE AULA

3/4 DE AULA

Passado mais de um ano de pandemia, o que se perdeu e o que se transformou nos processos educacionais e na escola como instituição?
Luciana Ferreira e Ivan Rubens fazem uma análise das transformações da sala de aula de espaço físico para espaço virtual, assim como a conversão dos quartos de alunos e professores em locais de estudo e trabalho.

Consciência Negra é todo dia!

Consciência Negra é todo dia!

A gente não nasce negro, a gente se torna negro. É uma conquista dura, cruel e que se desenvolve pela vida da gente afora. Lélia Gonzalez O dia da Consciência Negra é marcadamente um momento para realizarmos reflexões coletivas fundamentais sobre o  enfrentamento...

MARINA PRESENTE!

MARINA PRESENTE!

Nota da Escola de Ativismo sobre o assassinato covarde da companheira Marina Harkot. #marinapresente

PROCESSOS DE APRENDIZAGEM “EM LINHA”

PROCESSOS DE APRENDIZAGEM “EM LINHA”

A Escola de Ativismo vem experimentando desde sempre modos de fazer processos educacionais online/em linha. Este ano, essas práticas se intensificaram, e resolvemos registrar algumas pistas para que mesmo distantes os encontros sigam potentes! Conheça e compartilhe.

Tuíra chama

Tuíra chama

Está aberta chamada para envio de textos e imagens para a edição nº 3 da revista Tuíra. Prazo é 30/9

Ter saúde é cuidar de você, da sua comunidade e da natureza – Panfleto sobre a Covid e outras ameaças

Ter saúde é cuidar de você, da sua comunidade e da natureza – Panfleto sobre a Covid e outras ameaças

Em tempos de pandemia, o debate sobre cuidar da saúde ganha contornos ainda mais relevantes. Apesar de não haver uma vacina contra a Covid-19, ter a saúde em dia, com o sistema imunológico fortalecido, é sempre recomendado. Além disso, é preciso pensar na saúde em termos globais, para além do próprio corpo. Cuidar de você, da sua família, da sua comunidade e de toda a natureza é um processo todo interligado. É o que mostra o material produzido pelo Comitê Popular do Rio Paraguai, a Escola de Ativismo, o Fé e Vida e o projeto Humedales sin Fronteras.

Fake News e Coronavírus

Fake News e Coronavírus

A Escola de Ativismo realiza o Projeto MINA que, desde outubro de 2018, desenvolve apoio às ações coletivas para a promoção da dignidade e visibilidade das reivindicações das trabalhadoras sexuais cisgêneras, transexuais e travestis de Belo Horizonte e Região Metropolitana.

JAUQUARA VIVO – Um rio é muito mais que suas águas para as comunidades quilombolas do Mato Grosso

JAUQUARA VIVO – Um rio é muito mais que suas águas para as comunidades quilombolas do Mato Grosso

Ao receber menos atenção que suas irmãs maiores, as chamadas Pequenas Centrais Hidrelétricas (PCHs) representam um projeto que, por sua escala, pode ser ainda mais danoso à natureza. Somente no Mato Grosso, estão previstas 135 barragens desse tipo, que podem levar ao colapso do Pantanal, maior área alagada do planeta. Um projeto para cortar ao meio dezenas de rios. Entre eles, o Rio Jauquara, a veia principal que liga, dá vida, comida e cultura para um complexo de comunidades quilombolas que, agora, estão na luta pelo seu rio.

Eleições antirracistas, uma ação para já

Eleições antirracistas, uma ação para já

Uma mobilização popular para pressionar o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) a aprovar a distribuição proporcional dos recursos eleitorais para candidaturas negras nas próximas eleições de 2020.

LabCuidados – cuidado ativista é estruturante! Módulo 1: Insônia

LabCuidados – cuidado ativista é estruturante! Módulo 1: Insônia

Trazemos pra você saindo do forno uma iniciativa muito importante do #LabCuidados, da Escola de Ativismo, cujo objetivo é a experimentação e sistematização de saberes populares para abrir o código do cuidado para que seja acessível a todas/os.

No módulo 1 dessa invenção, o tema é a insônia, mal da contemporaneidade e do nosso aperreio cotidiano. O sono é alvo direto do capital, pois representa o tempo não-produtivo, hoje dormir com qualidade é um luxo que a mídia informa que pode ser comprado ali no remedinho mais próximo. E isso é tudo o que essa publicação tem a intenção de enfrentar.

A proposta é tratar do tema de forma integral, trazendo os temas da reclusão, do trabalho remoto e da insônia, desde aspectos da fisiologia do sono à alimentação e mudança de hábitos possíveis.

Banzeiro: ação e resistência na Amazônia

Banzeiro: ação e resistência na Amazônia

A Escola de Ativismo vem trabalhando junto com ativistas da Amazônia para pensar novas formas e redes de resistência nessa região em permanente ataque. Conheça o Banzeiro, projeto da Escola com a juventude amazônida!

Quando a mulher negra se movimenta, toda a estrutura da sociedade se movimenta com ela.

Angela Davis

No momento em que escolhemos amar, começamos a nos mover contra a dominação, contra a opressão. No momento em que escolhemos amar, começamos a nos mover em direção à liberdade, a agir de formas que libertam a nós e aos outros. 

bell hooks

Visto que o fim da ação humana (…) nunca pode ser previsto de maneira confiável, os meios utilizados para alcançar os objetivos políticos são muito frequentemente de mais relevância para o mundo futuro do que os objetivos pretendidos.

Hannah Arendt

É precisamente porque se está imerso na violência que a luta existe, e que surge a possibilidade da não violência. Estar imerso na violência significa que mesmo que a luta seja dura, difícil, iminente, intermitente e necessária, ela não é o mesmo que um determinismo; estar imerso é a condição de possibilidade para a luta pela não violência.

Judith Butler

Não se curem além da conta. Gente curada demais é gente chata. Todo mundo tem um pouco de loucura. Vou lhes fazer um pedido: Vivam a imaginação, pois ela é a nossa realidade mais profunda. Felizmente, eu nunca convivi com pessoas ajuizadas.  É necessário se espantar, se indignar e se contagiar, só assim é possível mudar a realidade.

Nise da Silveira

Recupere a alegria do ato de resistência. (…) Cabe a nós reformular o que é política. Ocupá-la. Trazê-la de volta para as ruas, as casas noturnas, os bares, os parques. A nossa festa ainda não acabou.

Pussy Riot

Preparemo-nos para tudo.

Preparemo-nos para o Nada. Preparemo-nos para a Bola de Fogo (…) Preparemo-nos para o irremediável desmanche. Embora em nosso íntimo desejemos ver cessar a humilhação, o desprezo, a mentira, não temos mais necessidade da certeza da vitória para continuar a lutar. As verdades exigentes deixam o brilho da vitória e simplesmente resistem para resistir.

Edgar Morin

Quem inaugura a tirania não são os tiranizados, mas os tiranos. Quem inaugura o ódio não são os odiados, mas os que primeiro odiaram. Quem inaugura a negação dos homens não são os que tiveram sua humanidade negada, mas as que a negaram, negando também a sua. Quem inaugura a força não são os que se tornaram fracos sob a robustez dos fortes, mas os fortes que os debilitaram.

Paulo Freire

CHAMADA SÓ DE TEXTO

Your content goes here. Edit or remove this text inline or in the module Content settings. You can also style every aspect of this content in the module Design settings and even apply custom CSS to this text in the module Advanced settings.

CHAMADA SÓ DE TEXTO

Your content goes here. Edit or remove this text inline or in the module Content settings. You can also style every aspect of this content in the module Design settings and even apply custom CSS to this text in the module Advanced settings.